On segunda-feira, 14 de junho de 2010 4 comentários



"Disse-lhe Deus: Pede-me o que queres que eu te dê." (1 Reis 3.5b)

Se Deus lhe dissesse isto, qual seria sua resposta? É com esta pergunta que dou início a mais uma conversa decente cristã, e convido a cada um de vocês a refletirem seriamente sobre o assunto. Fiquem à vontade e vamos em frente.

Salomão sabe do que estou falando. Ele era ainda muito jovem quando se tornou rei, e sentia-se completamente despreparado para exercer suas funções, segundo suas próprias palavras, não passava de uma criança que não sabia como conduzir-se.
(1 Reis 3.7b) Tinha sobre si grande responsabilidade, afinal, seu pai, Davi, reinou com justiça sobre a terra, e apesar de todo pecado que cometeu, foi o homem segundo o coração de Deus.

Talvez você esteja pensando: Deus nunca me disse isto. Pode ser que Ele não tenha dito, mas sem sombra de dúvidas, algo você tem pedido, e sabe como tem feito isto? Muito simples, através da oração. A oração é o instrumento do diálogo vertical, ou seja, entre Deus e nós, onde Deus fala e eu falo, Deus ouve e eu ouço. "A oração é como a respiração. Inspirar o que Deus fala e expirar diante de Deus o que somos e do que precisamos."

Entretanto, não tem sido sempre assim. Muitos têm feito da oração um monólogo, no qual desfiam diante do Senhor uma série de coisas que exigem, isso mesmo, exigem que Ele faça. E isto não é o pior! O absurdo é o que pedem:

"Senhor, que fogo do céu caia e acabe com estes pecadores malditos." (Esquecem que Deus não deseja a morte de ninguém, mas que todos cheguem ao arrependimento)

"Deus, ajuda-me a passar nesta prova" - sabendo que nada estudou, não por falta de tempo ou por outro impedimento, mas porque não se dispôs para isso. (Não tentarás o Senhor, teu Deus)

"Pai, concede-me a graça de receber este dinheiro, de ficar rico, para que eu venha satisfazer os meus desejos - resumindo: gastar tudo em roupas e acessórios desnecessários, na promoção de vícios como drogas, prostituição,etc. (Esquecem do dízimo, dos necessitados, dos órfãos e das viúvas; são egocêntricos e hedonistas) - entre tantos outros exemplos deploráveis.

E depois não entendem porque não foram atendidos, e ainda levantam impropérios, coisas absurdas contra o Deus justo e santo. "Se Deus respondesse a todas as orações fúteis que fiz durante a vida, onde eu estaria hoje?" A
lgo a se pensar, não? C. S. Lewis tinha razão quando ponderou sobre o assunto.

Há falta de sabedoria, não somente no que pedimos a Deus em oração, mas como nos portamos em nossas vidas,diante de nossas escolhas e problemas. Voltando a Salomão, foi exatamente isto o que ele pediu: "Dá, pois, ao teu servo coração compreensivo para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; pois quem poderia julgar a este grande povo.(1Reis 3.9) E Deus se agradou do seu pedido. (1 Reis 3.10)

É a sabedoria concedida por Deus que habilita o homem a discernir, a saber com precisão o que é certo, o que é maléfico, qual a vontade de Deus, qual o Seu propósito em determinada situação,como me portar diante das intempéries da vida e a tomar minhas decisões sem ser leviana, sem prejudicar ao próximo, sem brincar com os sentimentos alheios, que me ensina a orar, a me calar para melhor ouvir a Deus, enfim, é a sabedoria que só pode ser dada por Ele , que me permite andar em Seus caminhos.

E a solução é simples, se precisamos de sabedoria basta pedir:
"Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida." (Tiago 1.5)

Qual, pois, tem sido sua resposta à pergunta do início deste post? E diante de tudo o que foi exposto aqui, como a responderá a partir de agora? Não seja impulsivo, cuidado com o que pede, com o que fala, com o que pensa, aja com sabedoria, porque:

"Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, e melhor a sua renda do que o ouro mais fino." (Provérbios 3.13-14)

Deus vos abençoe.



4 comentários:

Lady Marinah disse...

Bela mensagem, adorei o seu blog!
Deus Abençoe.

@BeeMartini disse...

Legal a idéia de uma conversa "decente" cristã pois o que vemos nas ruas é alienação,dinheiro em troca de lugarem no céu.
n sou religiosa,mais acredito em Deus,eu acho...

Alex Holliwer disse...

BeeMartini - Aqui acretamos que todos os nossos irmão são nossos irmãos, de fato. Não de boca pra fora. Placa denominacional e não pode nem deve dividir o povo de Deus. Irmão é irmão, seja onde estiverem nossos irmão, seremos um em Cristo.

Gerlane - Parabéns pela postagem. Sabedoria é o que os filhos de Deus mais necessitam e menos pedem hoje em dia. Que Deus continue derramando essa sabedoria sobre sua vida e sobre todos nós.

Paz

Gerlane Oliveira disse...

Olá pessoal. Obrigada pelos comentários.

BeeMartini,é como o Alex disse,não estamos interessados em religião, em tradições, denominações que provocam dissensões e contendas, o que pregamos e buscamos é a Cristo. Fazemos parte do corpo de Cristo,e precisamos uns dos outros.

Fiquem na Paz!

Related Posts with Thumbnails